quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

As mulheres se vestem para os homens?



A resposta para a tão famigerada questão não é concreta. Ela alterna-se entre a opinião pessoal e estudos sociológicos, sendo esses passíveis de anos de pesquisa. Entretanto, quando se trata de polêmicas, uma vertente que também pode ser utilizada é a utopia. O termo, criado por Thomas Morus e implementado como título de seu mais famoso livro, faz referência a uma ilha, na qual vivia-se em uma sociedade ideal. Além de ser uma das principais obras do socialismo utópico, consagrou uma modalidade de pensamento e consequentemente, de escrita.

Inicialmente com função de aquecer e proteger o corpo, a designação das peças de vestuário transformou-se drasticamente com o passar dos anos. Tornou-se um artefato com conotação social indispensável. Pois o mais incrédulo dos homens ( e aqui me refiro à raça humana e não ao gênero), terá que concordar que o uso das roupas é mais uma entre tantas outras instituições com as quais convivemos diariamente. Quem a renega apenas parcialmente é julgado. Quem o faz por completo, é detido por atentado ao pudor.

Mas o que seria renegar parcialmente ao vestuário? Uma interpretação literal levaria a um hábito francês que vem perdendo força nos últimos tempos: o topless. A desintegração dessa tradição não é assunto para o momento, apesar de interessantíssimo ser. Mas a rejeição à moda, sim. Alegar não partilhar dessa futilidade, ser superior a tudo isso, ter personalidade própria são afirmações comuns quando fala-se de moda. Afinal, aquelas modelos esqueléticas não trazem nenhuma boa influência às adolescentes e só colocam para baixo a autoestima das mulheres. Essa não é a realidade, é? O homens gostam de curvas! E ninguém pergunta ao sexo masculino se eles gostam das novas tendências! Batom cintilante, especialmente o vermelho? Coisa de prostituta*. Blazer feminino? Homens usam para trabalhar, você é mulher, não pode usar*! Moça, senhorita, jovem, garota, menina, mulher. Se você não possui um órgão reprodutor masculino ou se sente como alguém que não tem, prapare-se. A próxima vez em que sair de casa, olhe-se no espelho. Se você encontrar lá algo que um cara não gostaria, troque de roupa, mude a maquiagem. Se não fizer isso correrá um sério risco de ser menosprezada pelo sexo oposto e morrer solteira. O que seria o mesmo que morrer literalmente. Afinal, casar e procriar são os principais objetivos da sua vida.

Ironias à parte, o assunto é sério. Para quem nos vestimos, então? Para os homens? Se você ainda acha que sim, por favor, releia o parágrafo acima e tente notar o deboche em relação ao pensamento machista e patriarcal que ainda impera em nossa sociedade. Seria para outras mulheres, que quando estamos no shopping fazem questão de dar aquela olhada de cima a baixo? Também não, mas a sua mãe deve ter lhe ensinado quando criança que você não deve se importar com a opinião alheia. A minha me ensinou. Se não teve essa sorte, provavelmente a vida deve ter lhe ensinado. Tente repassar esse conhecimento  à próxima geração, vai ajudar com a quitação da sua dívida social**.

Infelizmente, depois de quatro parágrafos é possivelmente muitas ofensas, a questão do inicial ainda está em aberto. Devemos então alterá-la, ou então mudemos o título para deveriam as mulheres se vestir para os homens? Só assim teríamos uma resposta. Mas por enquanto isso, posso permanecer no clichê: as mulheres deveriam se vestir para elas mesmas. Se vestir como aquela personagem favorita lhe inspirou, e  que talvez a faça se sentir mais confiante. Ou tente aquele visual da última revista Vogue para o tempo passar mais rápido em um dia entendiante. Mas faça jus aos movimentos pós-feministas: faça simples e unicamente porque você quer. Essa é a minha utopia.

E por favor, parem com comentários ridículos, eles são pior que pochete com sunga de crochê.***

*comentários infames encontrados na internet.
** ou ensine cinema para crianças na ONG da sua melhor amiga, não é Mar?
*** se você gosta, por favor, me desculpe. Era para ser uma piada.

Um comentário:

  1. Adorei, Luiza!
    Super concordo com tudo que você escreveu. A mulher deve se vestir pra ela mesma, para se sentir bem, ser uma expressão do que ela é.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...